projeto-topo-do-blog

TJ-SP não recebe mais ações em papel

Novos processos serão aceitos somente em formato digital

O Tribunal de Justiça do estado de São Paulo anunciou a medida nesta segunda-feira (30). O motivo? Otimizar a produção, reduzir procedimentos burocráticos e economizar verba do judiciário.

Segundo o presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador José Renato Nalini, o processo mêcanico dos servidores será automatizado:

“Nós vamos liberar o funcionalismo de todo o trabalho braçal: receber a petição em papel, juntá-la aos autos, formar autos, carregar autos de um lugar para outro, arquivar os autos. O povo paulista paga uma fortuna, muitos milhões por mês, para guardar processos velhos.”

23 mil novas ações são recebidas todos os dias pelo Tribunal de Justiça do estado de São Paulo (o maior da América Latina), totalizando mais de  20,2 milhões ações. Desde a a implantação do sistema, 14% deste total foi recebido em formato digital.

O TJ-SP gasta anualmente R$ 84 milhões para manter seu arquivo. Se desfazer dessa papelada é outra ação para enxugar gastos (como descrito em matéria da Folha de São Paulo) e se tornar 100% digital (mais informações, no hotsite da inicativa do TJSP):

14130117

Matéria da Folha sobre decisão tomada pelo Tribunal em 2014

O portal do TJ-SP funciona 24 horas por dia e o ajuizamento de uma ação e as demais petições deverão ser feitas por lá, no seguinte site: http://bit.ly/1O1zSL

Ficou com dúvida? Entre em contato com TJ-SP:

(11) 3627-1919 e (11) 3614-7950
Dias úteis: das 8h à meia-noite
Fins de semana e feriados: das 9h às 19h

About the author: Amaral Maia Advogados

O escritório foi fundado em 1988 pelo sócio Antônio Carlos do Amaral Maia e desde então tem obtido resultados expressivos em litígios complexos e na assessoria dos clientes em seus negócios extrajudiciais.

Leave a Reply

Your email address will not be published.